Telefone: (61) 3044-1650
Webmail
23 de July de 2020 Hoje é dia de mobilização digital #MexeucomACaixaMexeuComOBrasil

MEXEU COM A CAIXA, MEXEU COM O BRASIL

Nesta quinta-feira (23), os empregados da CAIXA ECONÔMICA FEDERAL realizam nova mobilização contra a ameaça de privatização do banco. A ação #MexeuComACaixaMexeuComOBrasil movimentará as redes sociais para chamar a atenção da sociedade aos ataques que a Caixa vem sofrendo e contra a retirada de direitos dos seus trabalhadores. Para participar é só usar a hashtag nas publicações no Twitter, Facebook e Instagram.

A CAIXA tem se mostrado imprescindível neste momento de crise causada pela pandemia do coronavírus. Já efetuou o pagamento do auxílio emergencial a 65,2 milhões de pessoas e está responsável pela liberação de saques do FGTS para aproximadamente 60 milhões de trabalhadores. Isso sem contar o apoio à economia, com a concessão de empréstimos ao setor produtivo, neste momento crítico pelo qual o país atravessa.

Apesar disso, a direção do banco e o governo vem reforçando que os planos de privatização da CAIXA seguem firmes e fortes. Encolhimento da função social, fatiamento por meio da venda das áreas mais rentáveis e estratégicas do banco, cobrança de metas abusivas e pressão para o retorno ao trabalho em meio à pandemia do coronavírus são alguns dos motivos que levam os trabalhadores a denunciar os ataques ao banco e a precarização das condições de trabalho.

É fundamental alertar a sociedade brasileira sobre a importância da CAIXA para o Brasil e os brasileiros. Com sua privatização, o País perderá em investimentos em políticas públicas como saneamento básico, habitação, educação, saúde e segurança.

Para se ter uma ideia, somente nos três primeiros meses de 2020, as Loterias da CAIXA, que estão na mira da agenda privatista, arrecadaram R$ 4 bilhões. Desse total, cerca de R$ 1,5 bilhão foram transferidos aos programas sociais do governo federal nas áreas de seguridade social, esporte, cultura, segurança pública, educação e saúde, correspondendo a um repasse de 37,2% do total arrecadado.

Os empregados da CAIXA defendem o fortalecimento do banco, para ajudar o Brasil a sair da crise após a pandemia, com mais investimentos públicos para gerar emprego e renda, e respeito aos seus direitos com garantia de condições dignas de trabalho. Mobilize colegas, familiares e amigos para participarem, nesta quinta (23/07) da ação digital em defesa da CAIXA.

Use a hastag #MexeuComACaixaMexeuComOBrasil.

Fonte: CONTRAF, FENAE e demais associações parceiras

 

 

 

 

Notícias relacionadas

Alguns parceiros